Os colonos e o tradicionalismo gaúcho

Muitos são legados culturais dos italianos para o gaúcho, sua alegria, importância à família, educação formal, religião, jogos de integração e raciocínio, cultivos de hortaliças, o largo consumo d produtos embutidos, de hábitos alimentares à base de leite e massas, aves, além da religiosidade, da conservação dos alimentos nos lugares mais frescos da casa, a adega, as capelinhas devocionais, entre outros, como o alto número de descendentes que hoje integrados aos costumes gauchescos.

Sendo o tradicionalismo um estado de consciência, que busca preservar as boas coisas do passado, sem conflitar com o progresso, através do cultuar, vivenciar e preservar o patrimônio sócio-cultural do povo gaúcho, podemos afirmar que os italianos, principalmente, seus filhos, netos, bisnetos, são precursores e mantedores desta tradição, até os nossos dias, no Rio Grande do Sul.

Pois assim como os colonos italianos deixaram e mantiveram, junto aos gaúchos, sua história, sua origem, seu folclore, sua música, sua gastronomia. Nós, os gaúchos, também lhes proporcionamos, o convívio com a nossa cultura tradicionalista, através de nossa culinária, lida no campo, músicas, versos e prosas.

A FAMÍLIA TONELLO E AS TRADIÇÕES GAÚCHAS

Os descendentes da Família Tonello foram influenciados desde cedo pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho e o culto e preservação das tradições gaúchas. Exemplo disto, citamos nossos heróicos nonos italianos gaúchos de alma e coração.

João e Ângela Tonello
Pedro e Luiza Tonello

Depois deles vieram nossos avós, e estes mantiveram acessos em seus corações os ensinamentos recebidos, atuando nas lidas campeiras, mesmo sem ainda existir o tradicionalismo.

Mas com entusiasmo, coragem e determinação é que em setembro de 1947 foi criada a primeira Chama Crioula, símbolo..........Mais tarde, em 28 de outubro de 1966, durante o XII Congresso Tradicionalista Gaúcho, foi criado o Movimento Tradicionalista Gaúcho.

Sem deixar morrer esta chama abençoada é que nossos pais deram continuidade à preservação do tradicionalismo gaúcho em nossos lares, em nossas comunidades, enfim contribuíram hoje e sempre para o fortalecimento do Movimento Gaúcho Tradicionalista. Representantes da Família Tonello foram sócios-fundadores de Centros de Tradições Gaúchas, patrões, conselheiros, coordenadores de Regiões Tradicionalistas, bem como presenciaram suas filhas serem prendas (símbolo da mulher gaúcha) concorrentes nos concursos para a Região e o MTG